A Ressurreição de Jesus

Ano 30 DC – 16 de Nisan – sexta-feira – a compra das especiarias
Vejamos o texto de Marcos 16:1-2: “E, passado o sábado, Maria Madalena, e Maria, mãe de Tiago, e Salomé, compraram aromas para irem ungi-lo. E, no primeiro dia da semana, foram ao sepulcro, de manhã cedo, ao nascer do sol.” Marcos 16:1-2

O texto acima faz distinção clara ao fato de que o SÁBADO em questão se refere ao 15 de Nisan, pois, “passado o SÁBADO”, por suposto o dia seguinte à crucificação, as mulheres foram comprar aromas. Teriam comprado os aromas na sexta-feira, para descansarem o sábado regular e no Domingo irem ao túmulo. Vê-se claramente que há um dia útil entre este Sábado referido e o domingo.

 

Ano 30 DC – 18 de Nisan –  Domingo – ressurreição de Jesus
No domingo muito cedo as mulheres foram ao local do sepultamento de Jesus e constataram que ele havia ressuscitado. (Lc 24:1)
Jesus permaneceu entre seus seguidores por quarenta dias depois da sua ressurreição (At 1:3), quando operou muitos sinais e foi visto por centenas de pessoas.

João, no encerramento de seu evangelho diz que nem todas as coisas feitas por Jesus foram registradas em livros. Os evangelhos expressam, desta forma, apenas o singelo ponto de vista de seus autores, que no momento em que os escreviam, tinham em mente um propósito específico. A mensagem de Jesus, no entanto, transcende os escritos bíblicos.

Poderia um simples carpinteiro, nascido numa cidade humilde de um país sem expressão econômica alguma, associado a pescadores e homens de profissões rudimentares mudar o curso da história a ponto de o tempo em todo mundo ser dividido em antes e depois de seu nascimento?  Apenas o Filho de Deus poderia realizar uma tal proeza.

Anúncios

17 comentários

Filed under Uncategorized

17 responses to “A Ressurreição de Jesus

  1. alexandre

    Acredito haver uma correçao a fazer em 17 de nisan p/ 18.No mais,exelente!

  2. Oi Pastor Alexandre, está certo. Já corrigi, grato pela ajuda.

  3. silvia

    otimo , concordo com vc, pois vivo em Israel, e entendo bem o que ‘e o sabado , e as festas sao como um dia de sabado. Nenhum trabalho servil fareis!

    • aristides

      sinceramente, sempre pensei que Jesus teria sido crucificado na sexta feira .

  4. Oi Silvia, grato pelo comentário.

  5. Pingback: Índice | Cronologia da Bíblia

  6. José Gonçalves

    Olá, em João 19.31 nós lemos sobre o grande sábado, será que há uma relação com esse dia a mais que nos mostra acima?

  7. Olá, Pastor José; muito boa sua observação, pois a ligação é total. João é o único dos evengelistas que mostra claramente que Jesus foi crucificado no dia da preparação, 14 de Nisan, o mesmo dia em que Moisés ordenara o sacrifício do cordeiro no Egito.

    Grato pela observação.

  8. Marilu Carvalho

    Ocasionalmente, hoje, descobri-o. Nos meus 65 anos iniciei há pouco mais de dois anos o estudo da Bíblia.
    Só descansei quando terminei de copiar os seus estudos. Serão certamente uma grande ajuda. Há vários anos que me afastei de orgaganizações religiosas. Achei que tinha de estudar a Bíblia. Umas dúvidas foram tiradas porém outras têm surgido e o seu estudo certamente ajudar-me-á.
    Grata pelo ensimanento
    Marilu

  9. Oi Marilu, que boa coisa é poder estudar a Bíblia.

    É interssante a diversidade de pensamentos das pessoas com relação às Escrituras.

    O físico Stephen Hawking, em seu o livro “Breve História do Tempo”, publicado nos anos 90 disse: “Se encontrarmos a resposta de por que nós e o universo existimos, teremos o triunfo definitivo da razão humana; porque, então, teremos atingido o conhecimento da mente de Deus.”

    Embora ele tenha aparentemente no decorrer de sua vida mudado de posição, penso que a máxima expressa nestas palavras foi talvez seu momento de maior lucidez.

    A Bíblia nos revela a mente de Deus e seu propósito para nós.

    Fica firme nos teus estudos porque a cada dia você estará mais próxima de entender o plano de Deus na tua vida, bem como reconhecer no teu passado as ações em que Deus foi o agente, intervindo em detalhes mínimos para te conduzir a Ele.

    Se puder te ajudar nos teus estudos me avise.

    “Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor” (Ef 1:4)

  10. Fonseca

    Muito bom o estudo ,você nâo pensa em continuar a fazer a cronologia do Novo Testamento? seria interessante.

  11. Oi Abner, como está?

    Na verdade a idéia era fazer apenas a cronologia até os dias de Jesus, pois os eventos são datáveis com certa precisão. Já não acontece isto depois da ressureição de Jesus, onde as datas só podem ser estimadas.

    Uma constatação interessante no Novo Testamento é que há apenas uma data que se pode ser determinada, o ano 15 de Tibério Cesar, conforme o registro de Lucas 3.

    De qualquer maneira tenho coletado estas informações. Quem sabe?

    Grato pela atenção.

  12. Clóvis J. Lira

    Amei, amei, amei toda a cronologia. Me ajudou muito!

  13. Antonio Tadeu da Silva

    Dou glórias a Deus por tudo isso!
    Quero em verdade e em nome do senhor e salvador Jesus, dizer-lhe que José de Arimateia e Nicodemos eram conhecedores das ordens de Deus em Deuteronômio capitulo 21 versículo 22 e 23 que diz que todo o homem que for crucificado, deverá ser sepultado no mesmo dia, ou seja, antes do por do sol, isso fez com que eles rapidamente pedissem o corpo de Jesus a Pilatos, acelerassem nos procedimentos de costume e sepultassem o corpo antes que terminasse a quarta feira, para que se cumprisse as escritura, (até que o céu e a terra passem , nem um i ou um til jamais passará da lei, até que tudo se cumpra Mt.5;18) e (a escritura não pode ser anulada Jo.10;35), sabendo- se que o nosso Senhor ficou 72 horas exatas no túmulo ressuscitou ao por do sol do Sábado semanal.
    Nas primeiras horas após o sábado semanal as mulheres foram ao sepulcro e o anjo falou que ele já havia ressuscitado como havia dito, três dias e três noites após o seu sepultamento, a saber, quarto dia da semana antes do por do sól.
    Ele firmará um concerto com muitos por uma semana, na metade da semana fará cessar os sacrifícios e as ofertas de manjares, Dn.9;27a; Portanto do quarto dia em diante não se oferece sacrifícios no altar.
    Ele é o alfa porque foi separado como cordeiro de Deus desde a fundação do mundo, é o Omega porque consumou tudo ao por do sol do ultimo dia (sétimo) não existe o oitavo dia, ( Deus te esclarecerá); alfa e Omega, o princípio e o fim; para o sistema criado por Deus um dia é como mil anos e mil anos é como um dia.
    Deus é imutável, em se tratando das leis que compõe o reino de Deus tudo continua como antes (os 10 mandamentos são eternos); Eu sei que tudo quanto Deus faz durará eternamente; nada se lhe deve acrescentar e nada se lhe deve tirar. E isso faz Deus para que haja temor diante dele Ec.3;14. Em verdade, em verdade vos digo que, naquele fruto que Adão comeu já continha as leis do reino de Deus.
    Todo o homem que é nascido de Deus não transgride os seus mandamentos IJo.3;6-9, enquanto que o homem natural não se sujeita a estas ordens Rm.8;7.

  14. Alexandre

    Nem acredito! Saber depois de tanto tempo que, mesmo que no mínimo, pude ser útil para uma obra tão importante como esta. Desejo estar sempre ligado nela!

  15. Renata

    Fui muito edificada com seu trabalho. Obrigada e Deus te abençoe.