Os eventos de antes da crucificação de Jesus

Ano 30 DC – 9 de Nisan – Sexta-feira– Jesus visita Lázaro
João nos revela que seis dias antes da Páscoa Jesus esteve em Betânia na casa de Lázaro: “Foi, pois, Jesus seis dias antes da Páscoa a Betânia, onde estava Lázaro, o que falecera, e a quem ressuscitara dentre os mortos. Fizeram-lhe, pois, ali uma ceia, e Marta servia, e Lázaro era um dos que estavam à mesa com ele.” (Jo 12:1-2)

Na ocasião desta visita os principais dos sacerdotes já buscavam uma oportunidade de matar Jesus, mas João nos esclarece ainda mais o fato: “E muita gente dos judeus soube que ele estava ali; e foram, não só por causa de Jesus, mas também para ver a Lázaro, a quem ressuscitara dentre os mortos. E os principais dos sacerdotes tomaram deliberação para matar também a Lázaro.” (Jo 12:9-10)

Ano 30 DC – 10 de Nisan – Sábado- entrada triunfal em Jerusalém
No dia seguinte à visita a Lázaro, conforme João 12:12, um Sábado, não Domingo, conforme o calendário judaico, Jesus entra em Jerusalém, cumprindo desta forma a rigor a palavra do Profeta Zacarias escritas mais de cinco séculos antes deste dia: “Alegra-te muito, ó filha de Sião; exulta, ó filha de Jerusalém; eis que o teu rei virá a ti, justo e salvo, pobre, e montado sobre um jumento, e sobre um jumentinho, filho de jumenta.” (Zc 9:9)

Conforme a profecia, nas palavras de Marcos: “levaram o jumentinho a Jesus, e lançaram sobre ele as suas vestes, e assentou-se sobre ele. E muitos estendiam as suas vestes pelo caminho, e outros cortavam ramos das árvores, e os espalhavam pelo caminho. E aqueles que iam adiante, e os que seguiam, clamavam, dizendo: Hosana, bendito o que vem em nome do Senhor; Bendito o reino do nosso pai Davi, que vem em nome do Senhor. Hosana nas alturas.” (Mc 11:7-10)

Segundo a Lei de Moisés, conforme escrito em Êxodo 12:1-6, em absoluta concordância com a exigência da Lei, no décimo dia do primeiro mês, 10 de Nisan, Jesus é apartado como o cordeiro de Deus para o sacrifício da Páscoa: “Falai a toda a congregação de Israel, dizendo:

Aos dez deste mês tome cada um para si um cordeiro, segundo as casas dos pais, um cordeiro para cada família. Mas se a família for pequena para um cordeiro, então tome um só com seu vizinho perto de sua casa, conforme o número das almas; cada um conforme ao seu comer, fareis a conta conforme ao cordeiro. O cordeiro, ou cabrito, será sem mácula, um macho de um ano, o qual tomareis das ovelhas ou das cabras. E o guardareis até ao décimo quarto dia deste mês, e todo o ajuntamento da congregação de Israel o sacrificará à tarde.” (Ex 12:1-6)

Ano 30 DC – 10 de Nisan – Sábado – os vendilhões do Templo
Uma vez em Jerusalém, Jesus expulsa os vendilhões do Templo, consoante o que dissera o Profeta Jeremias: “E então vireis, e vos poreis diante de mim nesta casa, que se chama pelo meu nome, e direis: Fomos libertados para fazermos todas estas abominações? É pois esta casa, que se chama pelo meu nome, uma caverna de salteadores aos vossos olhos? Eis que eu, eu mesmo, vi isto, diz o Senhor.” (Jr 7:10-11)

Marcos nos explica assim este acontecimento: “E vieram a Jerusalém; e Jesus, entrando no templo, começou a expulsar os que vendiam e compravam no templo; e derrubou as mesas dos cambiadores e as cadeiras dos que vendiam pombas. E não consentia que alguém levasse algum vaso pelo templo. E os ensinava, dizendo: Não está escrito: A minha casa será chamada, por todas as nações, casa de oração? Mas vós a tendes feito covil de ladrões.” (Mc 11:15-17)

Conforme o Evangelho de Mateus (Mt 21:14-17), Jesus curou no Templo a muitos que o procuraram, e saindo do Templo pernoitou em Betânia (v 17).

Ano 30 DC – 12 de Nisan – Segunda-feira – o Sermão Profético e os planos de prender Jesus
Conforme Mateus 26:1-5, Jesus pronunciou o Sermão Profético no dia 12 de Nisan, dois dias antes da Páscoa: “Aconteceu que, quando Jesus concluiu todos estes discursos (entre os quais o Sermão Profético), disse aos seus discípulos: Bem sabeis que daqui a dois dias é a páscoa; e o Filho do homem será entregue para ser crucificado. Depois os príncipes dos sacerdotes, e os escribas, e os anciãos do povo reuniram-se na sala do sumo sacerdote, o qual se chamava Caifás. E consultaram-se mutuamente para prenderem Jesus com dolo e o matarem. Mas diziam: Não durante a festa, para que não haja alvoroço entre o povo.”

A informação de Mateus é preciosa: os sacerdotes intencionam prender Jesus, mas não durante a Festa da Páscoa para que não houvesse tumulto. A que se refere Mateus? Seria a intenção dos sacerdotes prender Jesus antes ou depois da festa?
Nossa tradição nos faz acreditar que não era nenhuma das duas opções, justamente o contrário, pois conforme se aceita, Jesus foi preso não só durante a Festa, como também teria sido crucificado no seu principal dia de celebração, o 15 de Nisan.

Esta é mais uma evidência de que Jesus não foi crucificado na sexta-feira. Mesmo tendo em consideração que não existia naquele tempo nenhum compromisso da parte do poder religioso com Deus, é muito evidente que uma atitude destas, de se crucificar um judeu durante a Páscoa, seria um abuso de autoridade inconcebível, e não só isto, implicaria que o próprio sumo sacerdote violasse o mais sagrado e observado dos mandamentos do judaísmo, a guarda do Sábado.

10 comentários

Filed under Uncategorized

10 responses to “Os eventos de antes da crucificação de Jesus

  1. Paulo Luthier

    Entrada triunfal de Jesus no SÁBADO , Jesus expulsa os vendilhões no SÁBADO … A pessoa que escreveu esta matéria deveria ler mais a bíblia , principalmente no que se refere a lei e mandamentos .

  2. Prezado Paulo, primeiramente agradeço sua visita.
    Gostaria, no entanto, de saber o que te desagradou tanto no texto que você menciona, pois você critica mas não explica. Seria a questão do sábado?
    Pergunto também sobre a menção da Lei e dos mandamentos. Pode explicar melhor a que se refere?
    Na boa, gostaria mesmo de ouvir o que tem a dizer e mudar minha conclusão se estiver errada.
    Grato pela atenção.

  3. Pingback: Índice | Cronologia da Bíblia

  4. Juarez.

    Eu não tenho, nada a questionar até porque estou aprendendo muito com os irmãos, tudo confere com a palavras de Deus. Só tenho duvidas dos nomes dos apóstolo que são nomes simples sendo Oriente-médio se os irmãos mandar, a resposta eu agradeço fique com Deus e a paz.

  5. Oi Juarez, como está?
    Lucas 6
    13 E, quando já era dia, chamou a si os seus discípulos, e escolheu doze deles, a quem também deu o nome de apóstolos:
    14 Simão, ao qual também chamou Pedro, e André, seu irmão; Tiago e João; Filipe e Bartolomeu;
    15 Mateus e Tomé; Tiago, filho de Alfeu, e Simão, chamado Zelote;
    16 E Judas, irmão de Tiago, e Judas Iscariotes, que foi o traidor.

    Deus te abençoe

  6. Não concordo com o tratamento dado ao sábado por algumas denominações, entendo que a partir do sacrificio de Jesus na cruz, precisamos ainda guardar os mandamentos, pois são meios para condução da nossa vida aqui no plano terreno,assim como devemos obedecer pai e mãe, devemos também ter um dia de descanso para louvar e glorificar ao Senhor nosso Deus , o que dever ser feito todos os dias , mas isso não quer dizer que deva ser exclusivamente no sabado , Jesus nos ensina que os dois principais mandamentos são: amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo, então para que nos prendermos a julgos que só acabam por dividir , devemos nos unir e falar do amor de Deus , que é a missão deixada por Jesus aos seus apostolos .
    Que a paz do Senhor nos ilumine.

  7. Clóvis J. Lira

    Perdoe-me, mas acredito que houve um erro de contagem!
    Se 2dias antes da páscoa = 14 – 2 :. 2dias = 12/Nissan, Mt 26.1-5.
    Então, 6dias antes da páscoa = 14 – 6 :. 6dias = 8/Nissan, 5°-feira, Jo 12.1,2.
    Mas no sua contagem seria 9/Nissan [14 – 5], numa 6°-feira. Assim, trabalharam no sábado no Templo [Mc 11:15-17], o que seria inaceitável para um judeu.
    Clóvis, Cariacica, ES.

  8. Carlos Alberto

    Gostaria de saber quem foi a nora de Adão e Eva, tendo em vista que o casal teve apenas dois filhos homens que geraram filhos e filhas…

  9. Olá, Carlos Alberto. Leia sobre este assunto neste endereço:

    https://cronologiadabiblia.wordpress.com/2010/12/01/50/

    Abraço

  10. meu nome é marcos sou evangelista….quando achei esta pagina a quardei em favoritos…e sempre quando vou estudar a palavra tenho achado respostas e aprendido muito…muito obrigado aos criadores desta pagina deus vos abençoe grandemente ….