A ligação de Daniel 9 com a crucificação de Jesus no Anno Mundi 3925

O período abrangido pelo Antigo Testamento se encerra com a morte do rei Artaxerxes I em 434 AC. Começa então o chamado período inter-testamentário, que se estende até o nascimento do Senhor Jesus, ou melhor ainda, cerca de um ano antes, com o advento do censo romano determinado por Augusto Cesar, primeiro fato histórico narrado pelo Novo Testamento. Designamos normalmente o período intertestamentário por “quatrocentos anos de silêncio”.

A última data de interesse bíblico possível de ser determinada no Antigo Testamento é a que justamente nos auxilia  na localização do ano da crucificação de Jesus. Trata-se do 20º ano de Artaxerxes I, a partir do qual, conforme Dn 9:24-25, somos levados pela adição de 483 anos ao Anno Mundi 3925, ano da crucificação de Jesus, quando se cumpre o tempo de 69 das 70 semanas profetizadas por Daniel.

Evento

Data

20º ano de Artaxerxes I

3442 A.M. – 454 AC

69 semanas de Daniel em anos corridos

483 anos (69 semanas * 7 anos)

Ano da crucificação de Jesus

3925 A.M.

Vejamos o que nos diz Daniel: “Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo, e sobre a tua santa cidade, para cessar a transgressão, e para dar fim aos pecados, e para expiar a iniqüidade, e trazer a justiça eterna, e selar a visão e a profecia, e para ungir o Santíssimo. Sabe e entende: desde a saída da ordem para restaurar, e para edificar a Jerusalém, até ao Messias, o Príncipe, haverá sete semanas, e sessenta e duas semanas; as ruas e o muro se reedificarão, mas em tempos angustiosos.” (Dn 9:24:25)

De acordo com o Dr. Aníbal Pereira dos Reis” (conforme visto no tratamento de 3442 A.M.), o vocábulo hebraico “chabua”, comumente traduzido por semana, fundamentalmente significa setenário, que é o espaço de sete dias ou sete anos, o que é confirmado com absoluta precisão pelo texto de  Levítico 25:8: “Também contarás sete semanas de anos, sete vezes sete anos; de maneira que os dias das sete semanas de anos te serão quarenta e nove anos.”

Desta forma, a partir deste ano (3925 A.M.), é necessário calcular quantos anos viveu Jesus para chegarmos ao seu nascimento e demais datas de seu ministério.

Teoricamente, determinar o nascimento de Jesus seria uma tarefa fácil, uma vez que se trataria de apenas subtrair de 3925 os 33 anos, suposta idade que teria ao ser crucificado. A idade de 33 anos lhe é tradicionalmente atribuída pelo fato de Lc 3:23 declarar que Jesus tinha “cerca de 30 anos” quando iniciou seu ministério e pela adição de três anos a que se referem os relatos contidos no Evangelho de João sobre as festas das quais participou, entre elas, três diferentes Páscoas.

A qual ano do calendário gregoriano equivale o Anno Mundi 3925?

1 Comentário

Filed under Uncategorized

One response to “A ligação de Daniel 9 com a crucificação de Jesus no Anno Mundi 3925

  1. Pingback: Índice (clique para acessar) | Cronologia da Bíblia