30 DC – Anno Mundi 3925 – Crucificação de Jesus

Lucas nos fornece a única data concreta mencionada não só nos evangelhos (Lc 3:1), mas em todo o Novo Testamento, o ano quinze do império de Tibério César. Não há de fato outra data que se possa reconhecer em toda a vida de Jesus ou no Novo Testamento exceto esta, e parece claro que ao fornecê-la, Lucas procura datar um fato importante.

Todos os quatro evangelhos relatam o batismo de Jesus, mas apenas Lucas, o médico com vocação de historiador, nos dá um detalhe precioso e único em termos cronológicos: a data de seu batismo.

É necessária a leitura acurada de Lucas 3:1-20 para nos esclarecer qual o foco principal entre os assuntos ali tratados, pois uma leitura desatenta pode nos levar a concluir que o evangelista está datando o início do ministério de João e não propriamente o batismo de Jesus. É bom que se reconheça que a maioria dos comentaristas conclui que se trata do início do ministério de João Batista.

Quando se lê a Bíblia com o intuito de datá-la, fica nítida a dinâmica dos autores sagrados no que se refere à sua cronologia. É, portanto, muito diferente de se pegar um determinado texto do Novo Testamento, como este, Lucas 3:1, por exemplo, e concluir que se trata do início do ministério de João Batista.

Os comentaristas judeus, muito mais atentos à esta matéria que os analistas cristãos, podem nos ensinar muito a este respeito, a começar por uma pergunta que a regra mais básica da interpretação bíblica nos obriga a fazer a respeito do texto em questão: Por qual razão a única data fornecida no Novo Testamento inteiro apontaria para um evento na vida de João Batista, se toda a Bíblia, toda ela, aponta única e exclusivamente para a pessoa de Jesus?

Lucas situa primeiramente o ano em que se dá o principal acontecimento de seu relato, o 15º ano de Tibério, sincronizando o imperador romano com os demais líderes contextualizados naquele ano, entre os quais Pilatos, governador da Judéia, Herodes, o tetrarca da Galiléia (filho de Herodes, o Grande), Anás e Caifás, sumos sacerdotes. Todos estes terão algum tipo de relacionamento com Jesus, e apenas Herodes está ligado a João.

Por passar a relatar a partir deste ponto eventos relacionados à vida de João Batista, poder-se-ia compreender que a data se refere ao início do ministério de João. No entanto, tal possibilidade não pode ser aceita, pois Lucas nos faz sim, um breve relato do ministério de João, sintetizando sua pregação às multidões, e culmina dizendo que Herodes terminou por lançá-lo na prisão (Lc 3:20), para depois contar que Jesus foi por ele batizado (Lc 3:21).

Recorde-se a forma como a Bíblia data a Torre de Babel: diz que aconteceu nos dias de Pelegue (Gn 10:25). Mas Pelegue teve uma vida extensa, e desta forma Babel só poderia se referir às duas únicas datas exatas de sua vida, seu nascimento ou sua morte, e neste caso, refere-se à sua morte.

Como o relato de Lucas cobre praticamente todo o ministério de João, indo desde o seu aparecimento até a sua prisão, para só depois mencionar o batismo de Jesus, entende-se desta forma que o batismo é o assunto em foco. De outra forma a data não seria útil para nada, pois nenhum outro assunto do texto em questão é por si só uma âncora.

Não fosse assim, a qual evento da vida de João se referiria o ano 15 de Tibério? Seria o ano em que João começou a pregar o batismo de arrependimento (v. 3), ou seria o ano em que foi preso por Herodes (v. 20)?  A que se referiria a data explicitada por Lucas?

Pelo mesmo princípio da interpretação da data de Babel, no caso de Lucas, considerando todos os eventos relacionados a João, apenas dois seriam datáveis: o início de seu ministério e o batismo de Jesus. Qual o mais importante? Evidentemente que o  início do ministério de Jesus.

Pode-se assim concluir que Jesus foi batizado no 15º ano de Tibério Cesar no poder, correspondente ao ano 28 (DC) de nosso calendário, data esta facilmente comprovável pela história secular.

Tibério, segundo todas as fontes históricas acreditadas passou a reinar no ano 14 DC, ano da morte de Augusto. Desta forma, o ano 14 DC é seu primeiro ano de governo e 28 DC é seu 15°, uma vez que 14 DC é contado como primeiro ano de seu governo.

A data de Lucas (Lc 3:1) é a única âncora cronológica em todo o Novo Testamento. Estejamos atentos a isto, pois não há nenhuma outra data identificável por um calendário no Novo Testamento senão esta. O único evento da vida de Jesus claramente mencionado por um calendário é o seu batismo. Seria coincidência?

Partindo, desta forma, do ano 28 DC como data de seu batismo, e sabendo que seu ministério durou cerca de três anos, pois os evangelhos mencionam três diferentes Páscoas, podemos concluir que Jesus foi crucificado em 30 DC, Anno Mundi 3925.

1 Comentário

Filed under Uncategorized

One response to “30 DC – Anno Mundi 3925 – Crucificação de Jesus

  1. Pingback: Índice (clique para acessar) | Cronologia da Bíblia