Juízes de Ibzã a Eli

1103 a 1096 AC – (Anno Mundi 2793 a 2800 A.M.) – Ibizã – 9º Juiz sobre Israel
Pouco se sabe a respeito de Ibzã, homem de Belém, da tribo de Judá, a não ser que julgou a Israel sete anos, entre 2793 A.M. até 2800 A.M, conforme Jz 12:8-10.

1096 AC a 1086 AC – (Anno Mundi 2800 a 2810 A.M.) – Elon – 10º Juiz sobre Israel
Elon, da tribo de Zebulom, julgou Israel por 10 anos (Jz 12:11-12), portanto, até o Anno Mundi 2810.

1086 AC a 1078 AC – (Anno Mundi 2810 a 2818 A.M.) – Abdom – 11º Juiz sobre Israel
Abdom julgou Israel por 8 anos, conforme Jz 12:13-15, portanto, até o Anno Mundi 2818.

1078 AC a 1058 AC – (Anno Mundi 2818 a 2838 A.M.) – Sansão – 12º Juiz sobre Israel
O período de Sansão como juiz é marcado pela opressão dos filisteus sobre Israel, o que perdura por quarenta anos, ultrapassando, desta forma, todo seu juizado de 20 anos e estendendo-se por 20 anos do período de Eli, seu sucessor.

A tradição judaica outorga a Sansão, da tribo de Dã, o título de “último dos juízes”, uma vez que tanto Eli como Samuel exercem a seguir seus juizados na qualidade de sacerdotes.

Foi um período de extremo conformismo com relação ao opressor, o que se nota na convivência pacífica do próprio Sansão com o inimigo, de quem tomou para si esposas, como também nas palavras dos habitantes de Judá ao que se refere Jz 15:11: “Não sabias tu que os filisteus dominam sobre nós?”

Embora tivesse voto de nazireu, sendo portanto uma pessoa separada para Deus, Sansão não pode ser visto propriamente como um libertador de Israel.

Em termos práticos, Sansão foi o mais capacitado entre todos os libertadores levantados por Deus, uma vez que sua força poderia vir a ser convertida na maior das qualidades que um chefe militar daqueles tempos deveria possuir.

Ao invés de libertador, é mais um herói solitário que através de sua força física causou baixas consideráveis ao inimigo ao mesmo tempo em que suas histórias influenciaram sem dúvida o imaginário dos povos ao redor de Israel, pois somente um Deus verdadeiro poderia dar a um homem tais poderes. Tanto viveu alienado de sua missão, que Deus retirou dele seus poderes, conforme Jz 16:20.

Sansão julgou Israel por 20 anos, até o Anno Mundi 2838.

1058 AC a 1018 AC – (Anno Mundi 2838 a 2878 A.M.) – Eli – 13º Juiz sobre Israel
O período de Eli se estende por 40 anos até a sua morte, ocasião em que a Arca do Concerto foi tomada pelos filisteus.

É, no entanto, Samuel o principal personagem deste período, o qual entra na história de Eli desde sua infância pelo fato de haver sido consagrado nazireu em seu nascimento. Samuel foi entregue por sua mãe a Eli quando teria cerca de 5 anos de idade.

No mais, a vida de Eli foi marcada pela dualidade entre o serviço de Deus e a tolerância excessiva para com os pecados do povo, sobretudo com seus filhos. Há certos aspectos referentes à cronologia de Eli que podem referir a fatos que teriam acontecido ainda nos dias de Sansão, conforme veremos nos anos de Samuel.

Foi no seu tempo que nasceu Davi, no Anno Mundi 2855 (1041 AC).

1 Comentário

Filed under Uncategorized

One response to “Juízes de Ibzã a Eli

  1. Pingback: Índice (clique para acessar) | Cronologia da Bíblia