As dez pragas do Egito

1449 AC – (Anno Mundi 2447) – as dez pragas do Egito
Antes de entrarmos na temática das pragas do Egito propriamente ditas, vamos explorar um pouco uma questão muito frequente dentro deste tema: Quem seria o Faraó com quem se avistaram Arão e Moises?

Êxodo 5:1-2 nos descreve este encontro da seguinte forma: “E depois foram Moisés e Arão e disseram a Faraó: Assim diz o Senhor Deus de Israel: Deixa ir o meu povo, para que me celebre uma festa no deserto. Mas Faraó disse: Quem é o Senhor, cuja voz eu ouvirei, para deixar ir Israel? Não conheço o Senhor, nem tampouco deixarei ir Israel”.

Gênesis se refere ao título Faraó 74 vezes, e conforme já observamos, não se trata de apenas um Faraó, mas vários. Exodo, por sua vez, faz 107 referências a um mesmo Faraó, este que se avistou com Miosés e Arão.
Outros livros da Bíblia fazem diversas referências a outros faraós de outros tempos.

No entanto, entre dezenas de citações de faraós, há, em toda Bíblia, apenas tres Faraós cujos nomes são citados. O Profeta Jeremias se refere a dois: Faraó-Hofra, a quem Jeremias também qualifica de rei do Egito (Jr 44:3) e Faraó-Neco, igualmente chamado rei do Egito (Jr 46:2).

O redator, ou redatores, de I e II Reis se referem a Sisaque e Neco, reis do Egito. Sisaque invadiu Jerusalém no quinto ano do rei Roboão (1 Rs 14:25) e Neco veio a matar o rei Josias, quando marchava contra a Assíria (2 Rs 23:29).

Havendo tão poucas referências ao praenomem (nome de assunção ao trono) do Faraó, não deixa de ser interessante notar por que tanta admiração por parte dos estudiosos por não se saber o nome deste Faraó especificamente, uma vez que somente três são conhecidos num total de 240 citaçoes de Faraós em toda Bíblia, afora as que meramente se referem ao rei do Egito, como Sisaque, por exemplo.

Neemias nos responde esta questão: “E mostraste sinais e prodígios a Faraó, e a todos os seus servos, e a todo o povo da sua terra, porque soubeste que soberbamente os trataram; e assim adquiriste para ti nome, como hoje se vê.“ (Ne 9:10)

A conclusão de Neemias é a preocupação do redator de Gênesis: Não é mostrar quem é o Faraó do Êxodo, mas sim, quem é o Deus do Êxodo. É mostrar aos israelitas que eles são possessão do Deus verdadeiro, conforme lemos em Ex 6:7: “E eu vos tomarei por meu povo, e serei vosso Deus; e sabereis que eu sou o Senhor vosso Deus, que vos tiro de debaixo das cargas dos egípcios.”. É, finalmente, mostrar aos egípcios, não só a Faraó, mas ao povo, que Ele é o único Deus, conforme lemos em Ex 7:5: “Então os egípcios saberão que eu sou o Senhor, quando estender a minha mão sobre o Egito, e tirar os filhos de Israel do meio deles.”

Sabemos que em conseqüência da decisão de Faraó em não permitir a saída do povo de Israel, dez pragas foram enviadas sobre o Egito, sendo a última delas a morte de todos os primogênitos daquela terra.

Não é possível estabelecer quanto tempo duraram as pragas, nem datá-las com precisão dentro dos meses que antecederam o Êxodo, à exceção da última, a morte dos primogênitos.

Segundo a tradição judaica, as pragas duraram doze meses. O que podemos afirmar com segurança, é que nove delas ocorreram no Anno Mundi 2047, e a última, em 2048 A.M.

Advertisements

6 comentários

Filed under Uncategorized

6 responses to “As dez pragas do Egito

  1. Pingback: Índice (clique para acessar) | Cronologia da Bíblia

  2. Observação: A referência do texto citado como Gn 5.1,2 (Diálogo de Moisés e Arão com Faraó), na verdade é Exodo 5.

  3. Oi Paulo, tem razão, já corrigi. Grato pela ajuda.

  4. wallace melo

    Eu acho o período de 1 ano muito curto, em Êxodo 10 houve as pragas dos animais e a próxima praga seria os tumores que também atingiram os animais, até os egípcios conseguirem uma quantidade de animais considerável, eu creio que passaram vários meses, totalizando algo maior que 1 ano apenas…

  5. Alexandre

    Pra mim foram 7 anos de pragas , naquele tempo 7 anos era um ciclo e era um espaço de tempo consideravel para que duma praga esquecesse a outra

  6. everson edrigo amancio

    acedito que foi dentro de um ano sendo que moise foi com o80 para o egito e ficou mas 40 no deserto e assim morreu com 120.