O nascimento de Isaque e a expulsão de Ismael

Abraão e Isaque - Jan Lievens

1848 AC – (Anno Mundi 2048) – nascimento de Isaque
Através de Gn 21:5 nos localizamos com absoluta certeza no Anno Mundi 2048, pois ali é registrado o nascimento de Isaque. “Era Abraão da idade de cem anos, quando lhe nasceu Isaque seu filho”, resultado de (1948 + 100). Isaque veio a nascer 14 anos depois de Ismael e Abraão habitava em Canaã já havia 25 anos.

1847 AC – (Anno Mundi 2049) – morte de Serugue
Gênesis relata a morte de Serugue, bisavô de Abraão, no Anno Mundi 2049, aos duzentos e trinta anos de idade, duzentos anos depois de haver gerado Naor, pai de Abraão (1849 + 200).

1843 AC – (Anno Mundi 2053) – expulsão de Agar e Ismael
Conforme Gn 21:8, quando Isaque foi desmamado, cerca de cinco anos depois de seu nascimento, por conta de conflitos entre suas duas mulheres, mães de seus dois filhos, Sara pede a Abraão que expulse Agar e Ismael de seu convívio.

Este pedido pareceu mal a Abraão, mas Deus o orientou a fazer conforme Sara lhe pedira, pois a aliança feita entre Deus e Abraão teria continuidade com Isaque, e não com Ismael, de maneira que “se levantou Abraão pela manhã de madrugada, e tomou pão e um odre de água e os deu a Agar, pondo-os sobre o seu ombro; também lhe deu o menino e despediu-a; e ela partiu, andando errante no deserto de Berseba”. (Gn 21:14).

Há, no capítulo 21 de Jasher, alguns relatos interessantes sobre Ismael. Segundo Jasher, Ismael tornou-se arqueiro e habitou no deserto, tendo sido abençoado por Deus com muito gado, por consideração a Abraão, seu pai.

Jasher explica, por exemplo, que o pedido de Sara a Abraão para que expulsasse Agar e seu filho deveu-se a ela ter presenciado uma cena, quando Ismael tinha dezenove anos e Isaque cinco, em que Ismael chegou a entesar o arco e colocar nele uma fecha para atingir Isaque. Desta forma Sara não teve alternativa senão a de fazer o que fez.

Jasher relata outro fato interessante, que no tempo apropriado, Agar, mãe de Ismael, tomou-lhe uma esposa egípcia que lhe deu quatro filhos e duas filhas. Passado muito tempo, certo dia Abraão resolveu visitar Ismael no deserto encontrando por fim sua tenda. Não estavam nem Ismael nem Agar, mas somente a esposa egípcia de Ismael e seus filhos.

Como Abraão houvesse prometido a Sara que não desceria de seu camelo, pediu à nora, sem dizer quem era, um pouco de água, ao que ela respondeu que não havia nem água nem pão para lhe oferecer. Abraão permaneceu por um pouco tempo à espera de seu filho, e assim, pode perceber que a mulher, já dentro da tenda, batia nos filhos e amaldiçoava Ismael.

Abraão chamou então a mulher para fora e deu-lhe a seguinte instrução: “quando chegar Ismael, diz-lhe que esteve aqui à sua procura um homem muito velho com tal aparência, que veio da terra dos filisteus, mas não disse quem era. Diz também a ele que jogue fora o prego que ele colocou dentro de sua tenda e arranje outro melhor”.

Quando Ismael retornou, a mulher lhe disse tal e qual Abraão lhe instruíra, de tal forma que Ismael entendeu que se tratava de seu pai, e que sua esposa o tratara com desonra. Despediu então a mulher e tempos depois se casou com outra.

Anos depois a estória se repete, desta vez com a nova esposa. Esta, porém, com um procedimento muito diferente da primeira, ofereceu a Abraão, sem saber que se tratava de seu sogro, água e pão para que este se reconfortasse da longa viagem, de maneira que na hora da despedida, Abraão pede também a ela que transmita um recado a Ismael: “Diz a Ismael que passou à sua procura um homem muito velho, vindo da terra dos filisteus, que não disse quem era. Dei-lhe pão e água para que se reconfortasse da viagem e ele lhe deixou um recado: que o novo prego que puseste na tenda é muito bom e que você nunca o jogue fora”.

Tempos depois, ainda conforme Jasher, Ismael visitou seu pai na terra dos filisteus, trazendo a nova esposa e os filhos e permaneceu com Abraão por muitos anos.

1843 AC a 1822 AC – (2053 A.M. a 2074 A.M.)
Conforme Gn 11:23, Abraão peregrinou pela terra dos filisteus por muitos anos, vindo depois disto a mudar-se para Berseba, no sul de Israel, e depois para Hebrom.

1822 AC – (Anno Mundi 2074) – nascimento de Rebeca
Esta informação não está na Bíblia, mas é bastante consistente. Gênesis omite as datas de nascimento e morte de Rebeca. De acordo com Jasher, Rebeca teria nascido no Anno Mundi 2074.

Chega-se a esta data da seguinte maneira: de acordo com Jasher 36:3-6, Rebeca teria falecido quando Jacó tinha noventa e nove anos de idade, portanto, no Anno Mundi 2.207.

Ainda de acordo com Jasher, Rebeca teria cento e trinta e três anos quando faleceu. Desta forma, subtraindo-se 133 de 2.207, temos o ano de seu nascimento em 2.074 A.M.

1813 AC – (Anno Mundi 2083) – morte de Tera, pai de Abraão
No Anno Mundi 2083, morreu na cidade de Harã, Tera, pai de Abraão, aos 205 anos de idade. Abraão tinha então 135 anos, e já se havia passado precisamente 60 anos depois de haver Abraão e sua família terem deixado Tera vivo em Harã para seguir viagem para a Palestina, conforme a ordem de Deus.

Sabemos que Tera morreu no Anno Mundi 2083 (Gn 11:32) somando sua idade ao ano de seu nascimento (1878 + 205), tendo vivido, portanto, até que Isaque tivesse completado 35 anos de idade.

Advertisements

8 comentários

Filed under Uncategorized

8 responses to “O nascimento de Isaque e a expulsão de Ismael

  1. Pingback: Índice (clique para acessar) | Cronologia da Bíblia

  2. Pingback: CRONOLOGIA -11 O NASCIMENTO DE ISAQUE | jessedejesus

  3. Francimar Edvirgem

    Parabéns pelo trabalho

  4. Essa história de Ismael e pouco contada nas igrejas, no ponto de vista da pra perceber que Ismael tinha de tudo pra ser uma pessoa revoltada com seu pai Abraão, ele sabia da fé do seu pai quando ele os mandou para o deserto e com isso ele se aperfeiçoo em virar o melhor arqueiro do deserto ele ganho raízes no lugar que Deus o colocou onde se cumpriu todos os propósitos de Deus na vida dele, obedeceu o seu pai Abraão quando falou para que joga-se fora o prego de sua tenda ele o ouviu pela boca do prego e a lançou lembra muito daquela passagem que fala” honre seu pai e sua mãe pra que prolongue a sua vida na terra” e com isso teve a vitória da segunda casa será melhor que a primeira Ismael foi um rapaz temente a Deus e ao seu pai.

  5. Markon Machado

    O livro de Jasher diz que Rebeca tinha 10 anos quando se casou com Isaque no capitulo 24:40. Se levarmos a sua recomendacao 36:3-6, ela teria 15. Existe um desencontro de informacoes?

  6. Oi Markon, como está?
    Fui reler o texto de Jasher para verificar esta questão, mas as duas informações são estas mesmas: Jasher 36:1-6 confirma a data de nascimento de Rebeca, bem como o capítulo 24:40 afirma que ela teria 10 anos quando foi encontrada por Eliezer, não obrigatoriamente quando casou.
    Pode-se concluir duas coisas: se eles se casaram no mesmo ano em que foi encontrada por Elliezer a informação de que teria 10 anos estaria errada, pois ela teria 15 anos. A outra hipótese seria terem se casado quatro anos depois, embora o relato de Jasher e mesmo de Gênesis deem a entender que se casaram imediatamente.
    Penso que houve esta espera de quatro anos, mesmo com os textos aparentando ter sido uma coisa imediata. Parece a mesma coisa coisa que acontece com Genesis 12:1 que da a entender que Abraão saiu de Harã depois da morte de seu pai, enquanto é fato que ele estaria vivo.