Reinado de Saul – 1013 AC a 1011 AC

Reinado de Saul – 1013 AC a 1011 AC – (Anno Mundi 2883 a 2885 A.M.)

Conforme At 13:21 Saul reinou por 40 anos. A afirmação é atribuida a Paulo, em seu discurso na sinagoga de Antioquia, em que faz um sumário da história do povo de Israel até chegar a Jesus. Vejamos o texto: “E depois pediram um rei, e Deus lhes deu por quarenta anos, a Saul filho de Quis, homem da tribo de Benjamim.”

Willian Robertson Nicoll comenta esta passagem na sua obra “The Expositor’s Greek Testament” – Vol 2 – pag. 292, dizendo que é provável que a tradição dos judeus atribuía 40 anos ao reinado de Saul, pela analogia de duas citações do Antigo Testamento a este respeito: 1 Sm 9:2 diz que Saul era moço quando foi escolhido rei, e I Cr 8:33 / 2 Sm 2:10 que dizem que Is-Bosete, seu filho mais jovem, tinha 40 anos quando começou a reinar. (Nicoll W R, The Expositor’s Greek Testament. Hardcover 1960; Vol 2:292)

Flávio Josefo diz que Saul reinou trinta e oito anos, sendo 18 anos durante a vida de Samuel e 20 anos depois de sua morte. (Josefo F. História dos Hebreus. Ed das Américas; s.d.; Vol 2: 279)

No entanto, nenhuma das duas alternativas poderia estar correta. A Arca do Concerto foi tomada e devolvida pelos filisteus no mesmo ano em que Samuel passou a julgar Israel depois da morte de Eli, no Anno Mundi 2878. De acordo com 1 Sm 7:2 “sucedeu que, desde aquele dia, a arca ficou em Quiriate-Jearim, e tantos dias se passaram que até chegaram vinte anos, e lamentava toda a casa de Israel pelo Senhor.”

Vinte anos depois, Davi, na segunda etapa de seu reinado, já havendo deixado Hebrom, manda trazer a Arca para Jerusalém: “foi pois Davi, e trouxe a arca de Deus para cima, da casa de Obede-Edom, à cidade de Davi, com alegria.” (2 Sm 6:12)

Conforme 2 Sm 6:2-7, Davi temeu levar diretamente a Arca para Jerusalém por conta da morte de Uzá, que tocou a Arca acidentalmente, fazendo com que ela fosse levada à casa de Obede-Edom (2 Sm 6:11-12) onde permaneceu 3 meses até ser finalmente transportada para Jerusalém.

Se, de acordo com a citação bíblica (1 Sm 7:2), vinte anos depois do início de Samuel, Davi já reinava em Jerusalém, não é possível que Saul tenha reinado 40 anos, pois estes 20 anos devem comportar o juizado de Samuel depois da morte de Eli, todo o reinado de Saul, e minimamente os 7 anos de reinado de Davi em Hebrom antes que se estabelecesse em Jerusalém.

Outro argumento que se opõe a um longo reinado para Saul pode ser aferido por 2 Sm 5:4: “Da idade de trinta anos era Davi quando começou a reinar; quarenta anos reinou.”

Davi, ainda moço (1 Sm 17:33), matou Golias no início do reinado de Saul. Imaginemos que fosse bastante jovem na ocasião, com cerca de 15 anos de idade. Neste caso, depois de se passarem os 40 anos de Saul, Davi assumiria o trono com 55 anos, e não com 30.

Ademais, mesmo pela simples observação do desenvolvimento da história de Saul não se encontram eventos suficientes para cobrir 40 anos, não só pela ausência de fatos, mas, principalmente porque ela é delimitada por dois personagens importantes, Samuel e Davi, que interagem com a cronologia de Saul durante toda sua existência.

Um último argumento seria a simples constatação da somatória dos eventos conhecidos desde o Exodo até o quarto ano de Salomão, que conforme 1 Rs 6:1 totaliza 480 anos:

Não há, portanto, maneira pela qual Saul pudesse ter reinado 40 anos, e desta forma, a conclusão de Willian Robertson Nicoll é bastante apropriada, mostrando que as palavras de Paulo se basearam muito mais na tradição que na história.

Saul é o único dos reis citados na Bíblia cuja duração de reinado é desconhecida. As fontes que serviram para as traduções em línguas francas do Antigo Testamento são basicamente duas: a Septuaginta e os Textos Massoréticos e em ambas, 1 Sm 13:1 está danificado.

A Septuaginta foi traduzida para o idioma grego ao longo de mais de um século, depois de concluida a tradução do Pentateuco por volta de 285 AC a mando de Ptolomeu Filadelfo (309 AC – 279 AC), rei do Egito.

Constitui, desta forma, a Septuaginta, a mais antiga tradução do Antigo Testamento para uma língua franca, no caso, o grego. Os textos massoréticos, por sua vez, são um trabalho executado no século VI por um grupo de escribas judeus que teve por missão reunir os textos utilizados pela comunidade hebraica, em um único escrito, a partir dos manuscritos bíblicos conhecidos à época. Dos textos massoréticos provém a maioria das traduções protestantes do Antigo Testamento para as linguas francas.

Qualquer que seja a fonte, 1 Sm 13:1 tem sido traduzido de formas dedutivas nas várias versões da Bíblia tentando dar-lhe sentido, e algumas entendem que por haver omissão de palavras o deixam incompleto. Vejamos alguns exemplos:

“Saul reinou um ano; e no segundo ano do seu reinado sobre Israel,´ – João Ferreira de Almeida – Corrigida e Fiel ao Texto Original

“Um ano reinara Saul em Israel. No segundo ano de seu reinado sobre o povo,“ – João Ferreira de Almeida – Edição Revista e Atualizada – Sociedade Bíblica do Brasil

“Saul tinha – anos quando começou a reinar, e reinou sobre Israel dois anos.” – A Bíblia Judaica Completa, traduzida do hebraico para o inglês pelo teólogo David H. Stern.

“Saul tinha [quarenta] anos quando começou a reinar, e quando reinou dois anos sobre Israel,”- American Standard Version

“Saul era uma criança de um ano quando começou a reinar, e reinou dois anos sobre Israel.”- Douay-Rheims

“Saul tinha – anos de idade quando começou a reinar, e reinou dois anos sobre Israel.”- English Standard Version

“Saul reinou um ano, e quando havia reinado dois anos sobre Israel,” – King James Version

“Saul tinha 30 anos quando se tornou rei, e reinou 42 anos sobre Israel” – Holman Christian Standard

“Saul tinha 30 anos quando se tornou rei. Reinou sobre Israel 42 anos”- New International Reader’s Version

Se, por um lado não temos a informação precisa sobre o início de Saul, nem a extensão de seu reinado e nem mesmo do juizado de Samuel antes de Saul, por outro lado elas podem ser obtidas por dedução. Podemos calcular com precisão absoluta o ano da morte de Saul. Vejamos o que nos diz 1 Rs 6:1:

“E SUCEDEU que no ano de quatrocentos e oitenta, depois de saírem os filhos de Israel do Egito, no ano quarto do reinado de Salomão sobre Israel, no mês de Zive (este é o mês segundo), começou a edificar a casa do Senhor.”

O Êxodo se deu no Anno Mundi 2448 e 480 anos depois Salomão inicia a construção do templo no quarto ano de seu governo, no Anno Mundi 2928.

Salomão começou a reinar, portanto, 3 anos antes, no Anno Mundi 2925 (quarto ano, contado o ano de ascensão).

Davi morreu neste mesmo ano, e como reinou por 40 anos, começou a reinar no Anno Mundi 2885, ano da morte de Saul.

A Arca foi levada para Quiriate-Jearim no mesmo ano da morte de Eli, no Anno Mundi 2878 e permaneceu ali até o Anno Mundi 2898.

Como Davi começou a reinar no Anno Mundi 2885, temos, desta forma, que a Arca foi transferida para Jerusalém no seu 13º ano de reinado, seis anos depois de haver se intalado em Jerusalém, restando, portanto, 7 anos entre a morte de Saul e o início de Samuel.

Baseado no texto original deduz-se que Saul poderia ter reinado 2, 12, 22, 32 ou 42 anos, todos com final 2, e desta forma, por exclusão, Saul teria reinado 2 anos, entre 2883 A.M. e 2885 A.M.

Conseqüentemente, o juizado de Samuel durou 5 anos até a ascensão de Saul e seu ministério mais dois anos até sua morte. Conforme 1 Sm 12, todo o capítulo, Samuel resigna de seu cargo quando Saul inicia seu reinado no Anno Mundi 2883.

A tradição judaica “Yerushalmi” atribui dois anos ao reinado de Saul e interpreta 1 Sm 13:1 da seguinte forma: “Um ano esteve Saul em seu reino e dois anos reinou sobre Israel.”

O Talmude Babilônico e a Seder Olam Rabbah entendem que Saul reinou 3 anos, onde no primeiro ano ele compartilhou o governo com Samuel e dois anos mais reinou sozinho. (Guggeinheimer H W, Seder Olam Rabbah, The Rabbinic View of Biblical Chronology. A.Jason Aronson Book 2005, pag. 130)

1 Sm 27:7 menciona que “ Davi habitou na terra dos filisteus, um ano e quatro meses” quando fugia de Saul, o que dá força à ideia de que Saul teria reinado 3 anos, o que de fato incluiria seu ano de ascensão.

No que mais se refere à vida de Saul, podemos dizer que no aspecto militar foi um grande líder, o que pode ser constatado pelas guerras que travou, mas, no aspecto espiritual, não foi capaz de se sujeitar à vontade de Deus, e desta forma foi rejeitado, conforme 1 Sm 15:26-28.

Davi é ecolhido por Deus para liderar Israel e é ungido por Samuel ainda no primeiro ano de Saul, no Anno Mundi 2883.

Depois de matar Golias (1 Sm 17:51) em combate, os destinos de Davi e Saul se entrelaçam. De uma relação paternal, quando constata a admiração do povo pelos feitos de Davi, Saul passa a persegui-lo para mata-lo, uma constante que se estenderá até o dia de sua morte.

Samuel faleceu meses antes de Saul, no mesmo ano, 2884 A.M. (1 Sm 25:1) Após a morte de Samuel, 1 Sm 28:7 registra a consulta de Saul a uma feiticeira, a quem pede que invoque o profeta.

Conforme 1 Sm 28:9, a feiticeira temia atender o pedido, pois o próprio Saul havia destruido os adivinhadores e encantadores que havia no meio do povo. Embora nenhum outro texto de Samuel mencione este fato, houvesse Saul agido dentro dos limites da lei de Moisés, o termo destruir significaria matar, de acordo com Ex 22:18: “A feiticeira não deixarás viver.”

Muitos utilizam esta passagem para provar a possibilidade de contato de mediuns com as pessoas mortas. No entanto, o que se ve no texto (1 Sm 28:12) é que a feiticeira não só não evoca Samuel ou qualquer outro espírito, como também se surpreende e grita amedrontada quando o profeta aparece diante dela para repreender Saul, que vem a morrer pouco depois, juntamente com seus filhos, no confronto com os filisteus.

Samuel não registra igualmente outro evento importante na vida de Saul, o qual conhecemos pelas consequências: 2 Sm 21:1 nos diz que houve tres anos consecutivos de fome em Israel no tempo em que Davi reinava, e que a causa seria o fato de Saul haver matado alguns dos gibeonitas.

Os gibeonitas, que habitavam no meio da Tribo de Benjamin, também chamados heveus (Ex 13:5), são dos povos que habitavam Canaã antes da chegada de Josué, e que vendo a impossibilidade de subsistir diante dele, o enganam obtendo a promessa de que não serem atacados por Israel, conforme todo o capítulo 9 de Josué.

Por alguma razão foram atacados por Saul, que matou muitos deles, quebrando desta forma a promessa que Josué fizera, acarretando maldição sobre Israel.

Davi mostra seu desejo de retratar-se e dar aos gibeonitas uma compensação, o que eles negam que fosse material, aparentemente evocando a Lei de Moisés, especificamente Nm 35:31: “E não recebereis resgate pela vida do homicida que é culpado de morte; pois certamente morrerá.”

Pedem desta forma que lhes fossem entregues sete descendentes de Saul para que fossem enforcados em Gibeá, no que Davi os atende (2 Sm21:1-9).

Saul reinou entre 2883 A.M. a 2885 A.M., o que representam 3 anos contado seu ano de ascensão.

Paulo lhe atribuiu 40 anos numa clara demonstração de simpatia à tradição judaica, pois não deseja em seu discurso causar qualquer tipo de constrangimento ou polêmica corrigindo uma data tradicionalmente conhecida e aceita, citando palavras que chamariam sem dúvida a atenção de seus ouvintes a ponto de faze-los desviar a atenção do foco de seu discurso, que é chegar a Jesus, o Messias.

Muitas vezes manter a tradição é mais importante que retificá-la, pois mantém a sintonia do orador com o público a quem se dirige, pois mostra simpatia para com sua cultura e o pré dispõe a sensibilizar-se com uma verdade maior, e Paulo se esforçava em esclarecer o “Novo Pacto” e não em mostrar conhecimento histórico. Em outras palavras, a cronologia bíblica é nada importante quando comparada ao entendimento da revelação do plano de Deus para os homens contida na Bíblia.

Finalmente, uma última constatação: Saul teria aproximadamente 60 anos quando começou a reinar. Não era moço, conforme pode dar a entender 1 Sm 9:2: “Este (Quis) tinha um filho, cujo nome era Saul, moço, e tão belo que entre os filhos de Israel não havia outro homem mais belo do que ele; desde os ombros para cima sobressaía a todo o povo.”

O redator, dá, neste caso, uma descrição atemporal da pessoa de Saul. Como escreve dezenas de anos depois de sua morte, reporta o que era uma descrição corrente da figura imponente de Saul na cultura popular, que certamente se referia a seus tempos de juventude.

Podemos constatá-lo pelo fato de que Is-Bosete, filho de Saul, tinha 40 anos quando começou a reinar (2 Sm2:10). Is-Bosete era filho de uma concubina de Saul, cujo nome é desconhecido. Saul teria tido então pelo menos duas concubinas, sendo Rispa uma delas (2 Sm3:7), e a outra a mãe de Is-Bosete.

Conforme 1 Sm 14:49, os filhos de Saul com sua esposa Ainoã, filha de Aimaás eram Jônatas, Isvi, e Malquisua, além de duas filhas mulheres, Merabe, a mais velha e Mical, que veio a ser esposa de Davi.

Is-Bosete teria nascido no Anno Mundi 2845, durante o juizado de Eli. Teria 40 anos quando começou a reinar sobre Israel, no mesmo ano da morte de seu pai.

Se, minimamente aos 25 anos de idade Saul já houvesse gerado os tres filhos de Ainoã, e em seguida Is-Bosete, de uma concubina, e só depois disto gerado suas filhas mulheres, teria ao menos 58 anos de idade quando começou a reinar.

Conforme 1 Sm 26:21 tratava Davi por filho, o que mostra na prática que teria idade de ser seu pai. Saul reinou de Gibeá, capital de Israel de seu tempo (1 Sm 10:26).

About these ads

15 Comentários

Filed under Uncategorized

15 responses to “Reinado de Saul – 1013 AC a 1011 AC

  1. Vou tentar defender o que o Apóstolo Paulo Falou:

    Paulo quando fala no livro de Atos 13v21 está afirmando com certeza absoluta baseando-se na história e nos fatos!
    Deixe-me explicar por Gentileza:

    Só o Fato de seu filho IS-Bosete ter quarenta anos quando SAUL morreu já prova que Saul reinou de 38 a 40 anos sobre israel

    Em 2º Samuel 2.10
    “Da idade de quarenta anos era Is-Bosete, filho de Saul, quando começou a reinar sobre Israel, e reinou dois anos;
    mas os da casa de Judá seguiam a Davi.”

    Obs:Saul era Mancebo e provavelmente “Solteiro”(1SM 9:2) quando foi ungido Rei sobre Israel.( A expressão Mancebo refere-se
    a rapaz com mais ou menos 23 anos de Idade)

    E sobre o reinado de Davi Em 2 Sm 5:4: “Da idade de trinta anos era Davi quando começou a reinar; quarenta anos reinou…”

    “Em hebron reinou sobre Judá por 7 anos e seis meses”.., pois jerusalém só foi conquistada totalmente por Israel através
    de davi em 2samuel 5.6!

    “Provavelmente quando Saul começou a reinar; Davi ou…(não era nascido ou tinha menos de 7 anos).”

    Davi reinou 7 anos sobre Hebron, pois na época era capital de Judá conquistada por Calebe em Josué 14.v13 e 14;

    E quando Davi começou a ser perseguido por Saul o povo de Davi o Seguiu no caso JUDÁ.

    (E só o fato de Davi ter começado a reinar com 37 anos sobre toda a ISRAEL, e com 30 sobre Hebron, já prova que SAUL teria reinado no mínimo 20 anos; se Ele tivesse sido ungido a Rei junto a Davi que foi ungido entre 13 e 15 anos de Idade… Que não é o Caso!)

    Paulo Simplesmente foi um dos maiores conhecedores da história sobre Israel, Já que aprendeu com os melhores professores e com o próprio JESUS CRISTO.

    Só isso entre tantos outros fatos já torna incontestável a afirmação de Paulo em Atos 13:21.

    Muito Obrigado pela Atenção e que Deus continue te abençoando.

  2. moisesLima

    Atos 13:21.

  3. MUITO BOA POIS AGORA EU ENTENDO MAIS SOBRE SAUL E DAVI

  4. Marilson Arantes Furtado

    Boa noite , gostaria de saber na ordem cronologica correta em que os fatos aconteceram de Genesis a Malaquias pois a Biblia esta de Genesis a Malaquias sem ordem de data; sera que vcs poderiam me ajudar neste sentido ou seja
    no antigo testamento quais são os livros corretos do mais antigo ao mais novo (digamos assim) para que eu possa entender melhor obrigado

  5. Oi, Marilson, como está?
    Os livros da Bíblia não estão arranjados em ordem cronológica, mas por grupos: primeiro o Pentateuco, os livros de Moisés; depois os históricos (Josué, Juízes, Rute, Samuel, Reis, Esdras, Neemias, e Ester); os poéticos (Jó, Salmos, Provérbios, Eclesiastes e Cantares) e finalmente os profetas, divididos entre maiores e menores, não pela importância, mas pelo tamanho dos escritos.
    A cronologia dos fatos está espalhada pelos livros do Pentateuco, históricos e profetas, de maneira que as datas de um determinado período podem ser coletadas em diversos livros, como por exemplo Ezequiel que reporta fatos do tempo do rei Zedequias, ou Isaías sobre os tempos de Azarias, Jotão, Oséias, Acaz e Ezequias, etc.
    Seria muito difícil intercalar os livros em ordem cronológica.
    Diga lá o que pensa.
    Abraço.

  6. Silvio da rocha coelho

    Gostei muito do comentario do Mauro Messia, e das referência biblicas que vocês apresentaram

  7. Maria Adalgisa de Oliveira

    A dúvida que me trouxe a essa página surgiu justamente quando eu lia I Samuel 13:1 numa versão da Bíblia que diz que Saul tinha …anos de idade quando começou a reinar. Busquei, então, outra versão que trouxesse a idade. Encontrei uma que traz essa idade como sendo de 30 anos. Na sequência, temos que, tendo ele reinado por dois anos, Jônatas (seu filho) estava com mil homens em Gibeá de Benjamim, enquanto seu pai estava com outros dois mil em Micmás, e feriu a guarnição dos filisteus que estava em Geba. Considerando verdadeira a informação de que Saul teria 32 anos na ocasião e seu filho já fosse um destemido líder militar, a conclusão óbvia é de que Saul foi pai muito precocemente ou seu filho Jônatas era o verdadeiro garoto-prodígio. Saber que o problema está na impossibilidade de leitura do versículo original na sua integralidade, foi muito importante para mim, uma vez que traz luz a um ponto controverso e me instrumentaliza para refutar alegações relativas à credibilidade do texto bíblico.

  8. Oi Maria Adalgisa, tudo certo?

    Grato pelo comentário. Este é mesmo um ponto em que as pessoas se apoiam para dizer que há erros na Bíblia.

    No entanto, a cronologia bíblica é perfeita, e é impossível não ver a mão de Deus em cada detalhe nela escrito.

    Neste caso específico, o fato de I Sm 13:1 haver sido danificado em algum lugar do tempo também traz uma marca de Deus, que o permitiu, de maneira que a leitura apressada da Bíblia pode sugerir erros onde eles não existem.

    A Bíblia deve ser lida pela ótica da fé, mas sem que se dispense a lógica e a razão. Gostei de ouvir que você andou perseguindo esta resposta. Só persegue respostas a pessoa que tem fé; quem não tem para no meio do caminho.

    Deus te conserve assim

  9. jefert

    bom dia eu gostaria de saber qual é o tempo sequencia dos reinados de samuel ate o ultimo.

    obrigado.

  10. Oi Jefert, Veja os itens 56 e 57 do índice.

    abc

  11. NIELZO FERREIRA DA SILVA

    boa tarde! aqui é o Evangelista Nielzo..
    Adorei a resposta sobre quantos anos tinha Saul, defendendo o mais ilustre pregador mortal do Novo Testamento, Apóstolo Paulo. pois o Espírito Santo é quem dá o discernimento. parabéns!

  12. Olá Evangelista, grato pelo comentário.

  13. Flavio

    Não acredito que Saul reinou por 40 anos como sitado em atos 13:21, pelo simples fato de que a arca permaneceu na casa de Abinadabe por 20 anos após o massacre dos Filisteus (1 Samuel 4-17) , nesse período Samuel unge Saul como rei de Israel e consequentemente a desobediência perde seu reinado e ainda o profeta Samuel ainda em vida unge a Davi, que após a morte de Saul ele aclamado rei de Israel tem o desejo de fazer retornar a arca da aliança para Jerusalém 2 Samuel 6:1…

  14. Vaz

    Comete um erro grave quando diz que Davi defronta Golias no INÍCIO do reinado de Saul. Saul tornou-se rei, 10 anos antes de Davi nascer. Ficam algumas datas de referência: Nascimento de Jonatã= 1137 AEC, Saul começa a reinar= 1117 AEC, Nasce Davi= 1107, Morre Saul= 1078 AEC, Davi torna-se rei= 1077AEC. A Bíblia está certa.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s